Como alguém que sempre foi viciado em esportes e curioso pelo futuro, eu parti em um desafio pessoal de imaginar como essas duas paixões podem convergir
Carbon é o resultado de uma interminável investigação pessoal sobre os usos da Internet das Coisas e wearables e como a tecnologia pode nos ajudar de forma direta a atingir nossos objetivos e nos tornar melhores atletas.
Entre muitas ideias e possibilidades, eu escolhi imaginar como tecnologias recentes, como micro-sensores e fios inteligentes, serão absorvidos em nossas atividades físicas cotidianas e converterão nossos corpos em um meio, uma interface, em um futuro próximo.
Qual é o próximo passo depois dos smart watches e das pulseiras fitness?
Enquanto eu tentava responder essa pergunta, esse projeto-conceito nasceu.
Carbon é um traje esportivo que monitora, em tempo real, sua atividade.
Sensores internos podem reconhecer movimentos e, conectado a um celular, o Carbon ajuda atletas a acompanharem seus treinamentos, verem como estão evoluindo e assistir os movimentos que fizeram durante uma sessão, por exemplo.
Existem dois bolsos internos no traje. Um deles guarda o Tracker, que é responsável por armazenar toda a informação e carregar a roupa. O outro é pensado para guardar celular.

No aplicativo conectado, um assistente com Inteligência Artificial traz insights e ajuda o usuário a melhorar sua postura, além de estimar perdas e ganhos de músculo e gordura, baseado em informações coletadas em tempo-real pelos sensores e fios internos.



O traje é composto por três camadas:
1// Tecido elástico (exterior).
2// Sensores (que detectam micro-posicionamentos e orientações).
3// Fios inteligentes (que conectam e carregam os sensores).

Back to Top